AmazonasCap capta R$ 50 milhões para investir em startups “conscientes”

Objetivo é atuar no vale da morte das startups, momento em que a empresa já validou seu modelo de negócio, mas precisa de tração para crescer.

Por Mariana Desidério, Revista Exame

São Paulo – A aceleradora AmazonasCap quer investir em negócios promissões. Com dois anos de atuação na aceleração de startups brasileiras, oferecendo mentoria e auxílio na busca por investimento, a aceleradora anuncia que agora ela própria será investidora, com a criação da AmazonasPar.

Por enquanto a captação envolve apenas investidores brasileiros e está na faixa dos 17 milhões de reais; a meta é de 50 milhões de reais. O objetivo é atuar especialmente no famoso vale da morte das startups, momento em que a empresa já validou seu modelo de negócio, mas precisa de tração para crescer.

“Como aceleradora, acompanhamos o processo de busca por investimento das nossas aceleradas, e é uma travessia penosa. Você vai caso a caso em busca de fundos ou investidores-anjo que tenham a ver com o negócio. Nossa ideia é poder dar oxigênio para esse processo fluir melhor”, explica Hiran Castello Branco, um dos sócios do negócio.

Leia aqui a matéria completa.